quinta-feira, 29 de maio de 2008

Babá, avó ou berçário?


Os filhos nascem e os dilemas começam.
Um dos mais difíceis é decidir com quem deixar seu bebê

A licença-maternidade está chegando ao fim. E a mãe precisa decidir com quem vai ficar o bebê. Babá, avó ou berçário? Os especialistas têm opiniões diferentes sobre a opção ideal, mas concordam em dois pontos. O primeiro é que a mãe deve se preparar para essa separação, também denominada transferência de cuidados, mesmo que por algumas horas, a uma outra pessoa. O segundo é que, seja qual for a decisão tomada, não precisa ser definitiva. Ou seja: se não deu certo, pode-se rearranjar tudo.


Qual é o ideal?

Avó– Antigamente era a primeira opção. Mas hoje ou elas não estão em casa porque também trabalham ou moram longe.
Prós: É uma pessoa da família, o que pode ser garantia de uma relação de afeto e de educação condizente com o que os pais desejam.
Contras: Exige uma relação aberta para não haver tensão no momento de estabelecer limites à criança. Pode não ter mais agilidade de antes.

BABÁ – É um ser estranho na família e exige certa dose de sorte para dar certo.
Prós: Segue o que os pais recomendam. Mantém a rotina da casa. Evita a correria da manhã para sair de casa. Flexibilidade de horário.
Contras: É difícil encontrar alguém em que se confia e pode ter hábitos e costumes tão diferentes da família que gerem conflitos.

BERÇÁRIO – Hoje tenta não ter mais a imagem de ser somente um local que fica com a criança, oferecendo os mais diversos serviços.
Prós: Existem vários profissionais da área de saúde e pedagogia. Não há problemas com faltas e pode ter os cuidados fiscalizados por alguém o tempo todo.
Contras: A criança fica muitas horas fora de casa. Aumentam as chances de adquirir alguma doença por estar mais exposta a vírus no convívio com outras crianças e adultos. Menos flexibilidade de horário.

Fonte

6 comentários:

Mamãe Raquel disse...

Que bom que o Pedro melhorou e sobre o seu post é um dilema mesmo

VC vai voltar a trabalhar quando ? já dediciu com quem vai deixar seu pimpolho ?

Eu vou ficar em casa, segunda é a definição, mas já até pediram para eu levar a carteira...eu to amando hehehe

bjs

doce isabelle disse...

Oi Juli
A foto do Pedrinho na banheira tá muito fofa!
Você já decidiu com quem vai deixar o mocinho?
Respondendo a sua pergunta; usei tinta pintura a dedo, encontrada em qualquer papelaria, misturei as cores para obter aquelas branco+vermelho=rosa
branco+azul=azul claro
branca+azul+amarelo= verde claro
Ela é atóxica mas faça um testezinho antes de usar, passe um pouquinho no pulso do Pedro para ver se ele não é alérgico.
bjs

Giovana e Lucca disse...

Essa foto do Pedro na banheira está demais!!! Lindo, lindo!!!
Gostei demais desse artigo. è mesmo um delema a ser resolvido esse assunto.
Beijinhos!!!

Tété & Xavier disse...

Por cá o Xavier entrará para a creche em Setembro porque não tem outro jeito já que a minha mãe não pode ficar com ele mas o pior são mesmo as doenças mas tudo se arranja ;o)
Bom fim-de-semana.
Beijos
Tété & Xavier

Mrs. Mom disse...

Ai naum gosto nem de pensar em ter ki deixar minhas filhotinhas aki viu, trabalhei 2 dias e pedi demissao pq meu marido tava descabelado as bbs estranhando, etc.. ainda vou ficar por aki um bocado de tempo ate realmente ir trabalhar. kdo vc volta?
Bjinhus e bom fds!

Vivi a mamãe do Francisco disse...

Bom, eu decidi em deixar com a vovó materna, talvez pela comodidade de não ter que sair com ele cedão nos dias de chuva, já que eu moro em cima da casa da minha mãe...

Beijossssssssssssss