quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Televisão: pode?


A American Academy of Pediatrics (Academia Americana de Pediatria) afirma que crianças com menos de 2 anos não devem assistir à televisão e que crianças a partir dessa idade não devem assistir a mais do que duas horas de televisão por dia.

Em uma declaração publicada, Frederick Zimmerman e os outros pesquisadores enfatizaram a relevância do tempo. Eles concordam que assistir televisão desperdiça o "tempo alerta" dos bebês, já que eles dormem cerca de 12 horas por dia. Os pais podem passar o tempo que o bebê está acordado de uma forma melhor ao falar "palavras características de bebês", que ajudam os bebês a desenvolverem a linguagem, e ao envolvê-los em atividades interativas que a TV não é capaz de proporcionar. A interação física e social permite que os bebês se valham de dicas sutis que também ajudam o desenvolvimento da linguagem. A American Speech-Language-Hearing Association (Associação Americana de Fala-Linguagem-Audição) recomenda uma série de exercícios para auxiliar o desenvolvimento cognitivo dos bebês, incluindo fazer uso do contato visual, participar de conversas, brincar de "jogos com os dedos", como esconder e achar, e ler para a criança. Caso estejam sozinhos, jogos como brincar com blocos são benéficos.
A American Academy of Pediatrics estima que se uma criança assistir de três a quatro horas de televisão por dia, ela verá 8 mil assassinatos antes de ingressar no Ensino Fundamental .
Algumas pesquisas mostram que determinados programas de televisão ajudam no desenvolvimento. A popularidade e a aclamação crítica da "Vila Sésamo", que é voltada para as crianças pequenas, é prova disso. Crianças em idade pré-escolar podem se beneficiar da televisão educacional.
A American Academy of Pediatrics e outros especialistas recomendam que, se seu filho estiver assistindo à TV, você assista com ele. Assistir junto facilita a ocorrência de interações positivas. Os pais podem explicar problemas que surjam em um programa ou coisas que uma criança não compreende.


5 comentários:

Priscila Sant'Anna disse...

Juli!
Muito legal a reportagem! Interessante mesmo, faz a gente pensar! A Bia só tem 4 meses, mas quando ela olha e escuta a musiquinha dos Backyardigans na TV ela surta! hehe, mexe perninha, bracinho, é um sarro! Acho que na idade dela a imagem ainda não é bem nítida, e o que chama a antenção são as cores, e a própria musiquinha! Mas eu me esforço para 'brincar' com ela quando está acordada!
Beijos aos dois!
Priscila
Vou linkar vcs tbém!

Priscila Sant'Anna disse...

Ps...eu já tinha linkado!! hehe
Beijão
Pri

Maria José disse...

Que maravilha obrigada pela informação
bjs

Mãe Polenta disse...

Assino embaixo!

Minha filha quase não viu tv.. aliás, quase não vê (cerca de 1 hora por dia da semana + umas 3 aos sábados e domingos)

Ela disse...

Olá, escrevi a respeito (TV e bebês) no meu blog. Convido você a ler e opinar. Obrigada!

http://emgeral.com/2012/08/08/a-febre-da-galinha-pintadinha-e-a-falta-de-bom-senso/